Peptídeo botulínico: agregando ao rejuvenescimento facial

Peptídeo Botulínico, Nano TPC, EGF e Ácido Hialurônico!

O tratamento com Peptídeo Botulínico foi elaborado com a mais alta tecnologia e componentes criteriosamente selecionados para proporcionar uma pele hidratada e renovada. Trata-se de um dermocosmético que utiliza o Peptídeo Botulínico (derivado da Toxina Botulínica de uso tópico), tal proteína integra uma fórmula de sérum com a promessa de peles do rosto e pescoço mais lisas, sem a necessidade de picadinhas de agulha.

Usado sozinho ou em associação com outros recursos terapêuticos, incluindo a toxina botulínica, o peptídeo botulínico fará toda a diferença nos tratamentos de HOF, desde o estímulo de colágeno, atuação sobre células derivadas do ectoderma, melhorando rugas finas em áreas difíceis de tratar, prolongando o efeito clínico da toxina botulínica e suavizando manchas como melasma, condições de rosácea, cicatrizes de acne, dentre outros. Isso tudo seria possível porque essa fração de proteína é encapsulada com uma tecnologia chamada Nano TPC (Nanotechnology of Cellular Penetration).

Ao contrário da toxina, que é muito maior, o peptídeo botulínico consegue, a partir de partículas minúsculas advindas da nanotecnologia, atingir camadas mais profundas da pele, mesmo que topicamente. O trabalho então gira em torno da estimulação de colágeno e elastina. Como resultado, há melhora significativa da pele por meio do aumento da hidratação; firmeza; viço e luminosidade. Esses benefícios passam a ser percebidos após duas semanas de aplicação diária.

Diferente da toxina botulínica, o peptídeo botulínico é aplicado como ativo durante o microagulhamento e a utilização de séruns no cuidado homecare.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *